Alerta Vermelho #98 - Jessica Jones

*Contém spoilers da primeira temporada de Jessica Jones

Olá, amigos! No programa dessa semana comentamos a nova estreia (o novo acerto) da Netflix/Marvel: Jessica Jones! A série ganhou grande destaque pela forma como aborda assuntos extremamente relevantes e, por isso, tivemos participações muito especiais durante o podcast que vocês PRECISAM conferir agora! Por isso, aperte já o play e venha comentar com Alexandre Luiz, Davi Garcia, Wilker Medeiros e Filipe Pereira!

Links do Podcast

Links Cine Alerta

Assine nosso feed:

Contato: Mandem seus e-mails para [email protected], ou comente no post logo abaixo!

Redação

Comente pelo Facebook

Comentários

Comente pelo Facebook

Comentários

3 comments

  1. @Miss_Blame 2 dezembro, 2015 at 20:52 Responder

    Emocionei com Bad Reputation depois do meu depoimento… :')
    E mais uma vez, mto obrigada pelo convite! Acho ótimo e um bom começo vcs terem dado voz a quem realmente vive as temáticas tão bem exploradas na série; pode não ter sido do jeito completo ou ideal, nem do jeito q vcs *ALEXANDRE LUIZ* queriam, porém sei o qnto tentaram e se esforçaram (Alexandre Luiz se esforçou bastante pra conseguir mais mulheres pra falar, eu, inclusive, tentei ajudar com RTs) e isso já vale alguma coisa. Inclusive, o "incômodo", por vezes a identificação q o Kilgrave causou em vc Alexandre, e o modo como vc respondeu a isso, percebendo e tentando dar voz a quem realmente importa me deixa feliz e esperançosa.
    Novamente, vlw pela oportunidade e espero ouvir mais mulheres nesses podcasts aí heim! 😛
    Enfim, abraços galera! o/

    • Alexandre Luiz 2 dezembro, 2015 at 22:41 Responder

      Nós só temos a agradecer a você e as outras colaborações que recebemos! Muito, muito obrigado mesmo, vocês engrandeceram demais o podcast com os depoimentos. Quanto a mais mulheres nos programas, isso com certeza precisa virar hábito aqui… tem que virar em 2016!

  2. Amanda Aparecida 7 dezembro, 2015 at 10:03 Responder

    Fala galera do cinealerta, Otimo cast!
    A personagem Jessica é interpretada muito bem pela Krysten Ritter e apresentada de forma que mesmo os expectadores que não conhecem os quadrinhos e que apenas estão acompanhando os projetos da Marvel conseguem se conectar com a personagem.
    A série tem uma fotografia urbana muito interessante e uma trilha instrumental de jazz ótima, e com certeza é uma das produções mais realistas atualmente com violência, sexo, personagens dúbios e tridimensionais. A abordagem realista da série chega até a diminuir os poderes da personagem para dar profundidade e explorar personalidade da personagem.
    A série aborda desde o abuso contra a mulher como a quebra de estereótipos da mulher, apresenta diversas personagens femininas fortes.
    O vilão dessa primeira temporada, pessoalmente eu adoro vilões que fazem as coisas simplesmente porque tem poder para realizar o que desejam. jessica jones. David Tennant foi uma grande escolha para interpretar Killgrave, a construção do vilão é tão bem feita que é possível entender suas ações até antes mesmo do personagem ser colocado em tela.
    Na verdade muito do acerto da série se deve a escolha do elenco que além de Krysten Ritter e David Tennant conta também com Rachael Taylor, Mike Colter, Carrie-Anne Moss, Erin Moriarty, Eka Darville e Wil Traval.
    A série tem sim um ritmo lento e ainda colocou alguns fillers que normalmente só tem o objetivo de alongar a história, até acredito que dava pra contar a história em 8 ou 9 episódios como foi a série da Agente Carter, mas os fillers foram bem encaixados para dar “um tempo” na sofrência da personagem e o expectador se recuperar. Ao passo que depois de terminar a temporada que conta com 13 episódios a sensação que fica para o expectador é de “queria ver mais”.
    As cenas de luta não são tão elaboradas quanto a série do Demolidor, mas foram bem feitas. Usaram bem o artificio da personagem não ter treinamento para não ter grandes coreografias, mas as lutas ainda são dinamicas.
    Mesmo com as sequencias de ação a série é mais centrada para a parte de investigação, criando sua própria identidade.
    Tomara que tenha uma segunda temporada, pra mim a proxima temporada vai ser a investigação da IGH empresa que esta ligada aos experimentos no Kilgrave e tem relação com a Jessica Jones. Espero que a Netflix não demore!

Deixe uma resposta