Review: Fear the Walking Dead S04E09 - People Like Us

Depois da “mid-season finale”, há algumas semanas, Fear the Walking Dead retorna para a segunda parte dessa quarta temporada, e, logo de cara, já começa tentando ajustar os eixos do que ficou solto anteriormente.

Morgan, por exemplo, decide que o lugar dele é com Rick e o restante dos seus amigos em Alexandria, o que, de certa forma, é pouco mal explicado nesse episódio, pois, “do nada”, ele simplesmente entende que Rick estava certo. Esse ponto poderia ter sido melhor desenvolvido no roteiro, sem dúvida.

No entanto, existem outras questões na história que acabam por ser mais bem esplanadas, como o destino dos personagens remanescentes da temporada passada. É o caso de Strand e Luciana, que, encontrando uma mansão abandonada, vivem reclusos, recusando-se a sair.

Outro núcleo que também faz muito sentido dentro da trama é o de Alicia, que, separada de Strand e Luciana, percebe que alguns dos zumbis estão com papeis onde se vê vários pedidos de socorro. Funcionando como uma espécie de motivação para ela, o impulso de salvar alguém, mesmo que seja quem não conheça, é algo pelo qual ela se apega para ter algum sentido em suas ações.

Já Al, que está ficando sem “boas histórias para coletar”, pensa em ir com Morgan, ao mesmo tempo em que John decide voltar à sua cabana com June e Charlie, mesmo que a primeira esteja na dúvida, já que John conheceu a “Laura” e não a June, e a segunda continue muda e arredia, mas que está se transformando em um personagem um tanto irritante, sem mais serventia na trama.

O bom é que, em alguns momentos precisos, esses núcleos vão se cruzar no episódio, tendo como fio condutor, Morgan, que aparenta, incrivelmente, ser a pessoa mais sensata da história naquele momento. E, uma das sequências-chaves aqui é quando Alicia segue o rastro dos bilhetes para tentar salvar quem quer que seja, com Morgan a advertindo de que a pessoa em questão já pode estar morta.

No geral, podemos dizer que se trata de um bom retorno da série, não tão bom quanto o primeiro episódio dessa temporada, mas, bem mais coeso do que o encerramento da “mid-season finale”. E, ao que tudo indica, é muito provável que, mais cedo do que imaginávamos, ambas as séries (The Walking Dead e Fear the Walking Dead) vão convergir numa espécie de crossover.

É aguardar.

Erick Silva

Comente pelo Facebook

Comentários

Comente pelo Facebook

Comentários

Deixe uma resposta