Review: Preacher S03E01 – Angelville

“Seja bem-vindo, Jesse Custer!”

Eis que as loucuras de Preacher retornam depois de duas ótimas temporadas. Mas, o que esperar da série baseada na icônica HQ daqui pra frente?

O que se percebe é que os seus realizadores estão pegando alguns principais pontos da obra original e distribuindo bem lentamente ao redor dessas temporadas.

Por exemplo: enquanto Tulipa é “morta” e depois ressuscita ainda nos primeiros volumes da HQ, a série televisiva já está na terceira temporada, e esse fato só veio a acontecer agora. E, este é o mote específico para o primeiro episódio deste ano três.

O bom é que o arco funcionou bem, apesar de aqui não ter tido “cara de retorno” da série, como teve o início da segunda temporada. Parece mais uma continuação comum no meio de episódios já em andamento. Ou seja, Preacher, agora, terá que engrenar novamente para atingir o potencial que precisa pra se manter.

Ponto positivo foi a adição de novos personagens, como a avó maquiavélica de Jesse, Marie, que já no início do episódio, em um impactante flashback, mostra a que veio na série, e Jody, capanga loucão de Marie, e que já protagoniza ótimas cenas.

Interessante também a visão do Purgatório em que Tulipa está presa no momento, um lugar onde ela precisa exorcizar os seus demônios interiores da infância para poder escapar. E, claro, não nos esqueçamos da aparição surpresa de Deus, que parece ter planos bem específicos para Tulipa, o que deve mover bem a trama daqui por diante.

Jesse e Cassidy continuam os mesmos. “Dramáticos” e divertidos na medida certa, mas ainda assim, poderiam ter rendido bem mais. De qualquer jeito, um bom retorno de uma série que tem muito material excelente para adaptar, e que só precisa ser um pouco mais ousada, assim como a HQ foi um dia.

Em nome da insanidade da série, permitiremos.

Seja bem-vinda novamente, Preacher!

Erick Silva

Comente pelo Facebook

Comentários

Comente pelo Facebook

Comentários

Deixe uma resposta