Fear the Walking Dead S04E04 – Buried

“Nós poderíamos ter parado isso!”

A morte e as suas consequências. Depois da grande surpresa (trágica, é bom dizer) do episódio anterior, Fear the Walking Dead segue agora para um momento de “transição”, em que a ação dá uma relaxada, e três dos personagens (Victor, Alicia e Luciana) começam, finalmente, a contar um pouco das suas histórias para Al.

E, é aí que está um dos grandes méritos da série.

Com  muito pouco (quase que de maneira econômica mesmo) a equipe de produção de Fear the Walking Dead está conseguindo se destacar em alguns aspectos técnicos muito bons, e, melhor, que acabam sendo fundamentais para a narrativa. Exemplo disso foi vermos alguns momentos após a tragédia do episódio anterior pela câmera de Al (que será o fio condutor da narrativa aqui).

Ponto de destaque também para a edição, que conseguiu separar três núcleos distintos (Victor, Alicia e Luciana) sem que soassem cansativos, a partir das entrevistas dadas a Al. E esses núcleos acabam contando bem o que aconteceu no passado, especificamente os momentos em que o grupo de Madison se via às voltas com os Abutres, e estava em busca de mantimentos.

Muito interessante o núcleo envolvendo o Victor, em especial, quando ele fica relutante entre ser quem era, e ser uma pessoa melhor. Outro momento de destaque é quando Luciana e Nick chegam em uma biblioteca, e quando questionado por ela o porquê disso, Nick responde: “A nossa sobrevivência não pode ser dar somente à base de comida. Precisa haver algo mais”. Somente o núcleo da Alicia que não é tão legal assim, mas, a Naomi, que é quem acompanha Alicia, fará parte de uma revelação importante ao final do episódio.

E, mais uma vez, temos aqui o uso correto da ameaça dos zumbis, esses seres tão relegados ao ostracismo, quando o assunto é The Walking Dead. Aqui, eles realmente representam um perigo constante, que sob qualquer vacilo pode significar a diferença entre a vida e a morte.

Diante de tudo isso, o episódio ainda encontra espaço para abordar, de maneira muito precisa, o sentimento de culpa envolvendo Victor, Alicia e Luciana. Todos, quando estavam no estádio com a Madison, decidiram acreditar que aquele lugar poderia prosperar, e que a Madison estava certa em enfrentar os Abutres. Porém, algo de muito grave aconteceu, e que, unido ao ocorrido no episódio passado, deixou todos com o peso da culpa em suas costas.

Isso tudo culmina num final de episódio que dá um belo gancho para acontecimentos futuros. Evidentemente, que muitas coisas ainda faltam ser reveladas (afinal, o que aconteceu com a Madison e a Naomi), mas, tudo neste quarto episódio, fluiu bem, acelerou a história e desenvolveu ainda mais personagens que já se mostravam muito bons.

Agora, é aguardar ansiosamente o que vem depois.

Erick Silva

Comente pelo Facebook

Comentários

Comente pelo Facebook

Comentários

Deixe uma resposta