Minicast Game of Thrones S07E03

Um episódio que já começa com o encontro mais aguardado do universo de Game of Thrones não tem como ser ruim, né? Pois é, mas essa velocidade e urgência da temporada atual também trazem alguns "problemas".

Aperte o play e vem conferir o papo de Alexandre Luiz, Davi Garcia e Allan Veríssimo sobre o que está funcionando e sobre o que talvez não esteja na sétima temporada de GoT.

Redação

Comente pelo Facebook

Comentários

Comente pelo Facebook

Comentários

2 comments

  1. barrosmatheus 4 agosto, 2017 at 12:44 Responder

    Olá pessoal, ótimo episódio novamente, queria comentar algumas coisas:

    1) Realmente deve ter passado meses de um episódio para o outro, porque atravessar o país a pé não deve ser muito rápido, não. E aí temos algumas questões que não atrapalham tanto, mas dá um leve incômodo. O Bran ficou vários meses na Muralha de boas? Tudo bem que leva um tempo pra ele descer, mas nem se compara com a distância percorrida pelos outros personagens. E o Sam/Jorah ficaram ali esse tempo todo? Bom, se sim, então são conveniências de roteiro. Mas aí pode ter outra possibilidade que seria os plots serem não-lineares, sei lá…

    2) Com relação aos comentários sobre ter alguém infiltrado no núcleo da Dany, eu acredito que isso seria real, sim. É muita discrepância a Cersei estar tão na frente assim, o que me remete àquele diálogo do Davos com a Missandei. Será que ele viu ali algo de errado? Ele pergunta de onde ela vem e tal, talvez não reconheça o sotaque dela… Será Missandei a infiltrada?

    Bom, de resto acho que está ok e aceitável (Euron é o novo Mindinho sim que, posteriormente, conheceríamos como Noturno). E Olenna, a foda, é muito foda né? Vamos ver como será os passos de Jaime depois dessa revelação.

    Até mais, amigos!

  2. Lukas 5 agosto, 2017 at 08:31 Responder

    Sobre o tão esperado encontro do Jon e da Dany eu achei sensacional, pois se eu estivesse no lugar dela eu não acreditaria no Jon não, mesmo se tivesse três dragões kkk

    Pensem comigo: Sob a perspectiva dela, um aparente inimigo chega, e para convencê-la a não exigir sua submissão, começa a falar de criaturas mágicas invencíveis, esperando que ela o deixe ser Rei do Norte.

    Imagine se, por exemplo, a Cersei diz pra Dany não atacar Porto Real porque na costa da cidade tem um Kraken capaz de acabar com tudo o que ela tem, você acreditaria só porque você tem dragões que anteriormente eram um absurdo igual à um Kraken? kkkk Pra mim faz todo sentido ela não acreditar no Jon Snow.

    Quem poderia ter feito essa “ponte” entre eles era a Melissandre, pois ela prega sobre um Filho(a) do Fogo que enfrentará o Exercito dos Mortos, e a Dany, além de ter três dragões, não se queima. Por que será? rsrs

    Olha, assistindo esses últimos episódios de GOT eu tenho que dizer… acho que a decisão de finalizar a série em 8 temporadas é um erro. Eles poderiam esticar pra 9 temporadas facilmente se diminuissem esse ritmo ultra acelerado, e ainda acabaria com esse mimimi de que os exércitos estão chegando rapido demais nos lugares.

    O engraçado disso é que em filmes como Troia por exemplo nós não vemos uma longa viagem de Agamenon até Troia, mas é dedutível que se passou muito tempo de viagem e ninguém reclama disso (já de outras coisas do filme, é outra história kkkk)

    Abraços à todos e continuem com esse excelente trabalho!

Deixe uma resposta