Minicast True Detective S02E08

Chega ao final a polêmica temporada de True Detective. Muita gente não gostou e chegou a hora de analisar não apenas o último episódio, mas também este segundo ano como um todo. Discussão de altíssimo nível com Alexandre Luiz, Davi Garcia, Wilker Medeiros e Bruno Costa, que encerra mais um ciclo de minicasts de séries. Voltaremos em breve para acompanhar mais uma novidade da TV americana e, como não poderia deixar de ser, só temos a agradecer a audiência maravilhosa de vocês! Agora, apertem o play!

Links do Podcast

Links Cine Alerta

Assine nosso feed:

Contato:

Mandem seus e-mails para [email protected], ou comente no post logo abaixo!

Redação

Comente pelo Facebook

Comentários

Comente pelo Facebook

Comentários

8 comments

  1. @CassianoLima77 14 agosto, 2015 at 14:26 Responder

    Olá caras,

    Ainda bem que vocês não acertaram o lance do avental no Frank, posso continuar ouvindo os cast's.

    Muitas pessoas desistiram da série por querer analisar e tirar suas conclusões episódio por episódio, e muitos desses episódios terminavam sem aquela velha formula bombástica. Lamento por essas pessoas e que um dia elas sejam perdoadas. Esse final foi digno de levantar do sofá e bater palmas.

    Como foi dito no Cast, a série provoca tua memória, te faz amarrar as pontas que não são mostradas claramente e isso é respeitar a audiência. Me senti desafiado e agradeço por isso.

    Ótimo Cast como sempre, parabéns a todos.

  2. Nelson 14 agosto, 2015 at 15:32 Responder

    Boa Tarde, sempre escuto os cast's daqui é a primeira vez que eu comento, nesse ultimo me pareceu que vocês estavam mais preocupados em criticar quem não gostou do que falar sobre a série em si

    A pessoa não gostar da série não significa que não entendeu ou que deveria ver séries de quadrinhos.

    Vocês podem não terem sidos arrogantes mas com certeza foram (nesse) ignorantes por não respeitar opinião dos outros.

  3. Rodnei 14 agosto, 2015 at 16:10 Responder

    Fala galera blz?

    Agradeço essa grande jornada que foi ver True Detective acompanhando o comentários de vcs, enriquecendo os episódios, porque mesmo lendo muito, vendo muito filme é praticamente impossível pegar todas as referências e cada um interpreta diferente cada cena, cada rima, cada personagem…

    Vou acompanhar a serie The Bastard Executioner e estou aguardando o cast de Mr. Robot….

    Ótimo cast, parabéns a todos…

  4. @jackdoorspider 14 agosto, 2015 at 18:26 Responder

    Olá, pessoal do minicast!

    Vocês estão de parabéns pelo trabalho dos minicasts, que ficaram ótimos e simplesmente me fizeram dispensar qualquer outro podcast que venham a fazer sobre a segunda temporada de True Detective. Quanto à série, gostei muito da segunda temporada. Ainda mantenho uma preferência maior pela primeira temporada, mas não deixo de apreciar a nova história criada pelo Pizzolatto. Só há dois pontos que considero negativos: a repetição de situações e as situações convenientes. Tirando isso, gostei muito de ver a trajetória dos personagens e as ótimas atuações de Colin Farrell e Rachel McAdams. A atmosfera densa e sombria também foi muito bem desenvolvida. Curto muito filmes noir. Só fui ver o clássico Chinatown recentemente e vi algumas semelhanças com o novo plot da série.

    Conheci o Cine Alerta por causa dos minicasts, e agora tenho mais outra boa opção de podcasts na internet.

    Parabéns a todos mais uma vez!

  5. Bruno Peternella 15 agosto, 2015 at 00:11 Responder

    Boa noite galera do cine alerta, otimo cast de vocês e como sempre concordo com vocês e adorei essa temporada de true detective, muitas referencias e metaforas.
    Estou ansioso pelo minicast de executioners bastards, kurt sutter vai acertar denovo e continuar trazendo mais historias otimas para nos.

  6. Vitor 15 agosto, 2015 at 17:11 Responder

    Essa segunda temporada de True Detective foi um bom noir. Roteiro bem arquitetado? Sim. Visual bacana? Sim. Faltou um algo a mais? Sim. Faltou criar no espectador aquela antecipação, aquela ansiedade pelo desfecho, aquela incontrolável vontade de assistir um episódio atrás do outro. Resumindo, não é ruim, mas passou longe de um LA Confidential, Falcão Maltês e Fargo (a série e o filme). Provavelmente nunca assistirei essa temporada novamente.

  7. Leandro Guimarães 17 agosto, 2015 at 10:46 Responder

    Quanto à redenção, só consegui ver isso acontecer para a Laura, naquela cena em que ela e a Ani estão na estação rodoviária, a Ani entrega para a Laura uma passagem de ônibus para Seattle, e diz que há algumas paradas no caminho, se ela não quiser ir até o final da linha. A Ani aconselha Laura a esquecer do passado e reiniciar sua vida em algum lugar novo. Isso me inspira a crer que a única redimida ali foi a Laura.
    Ani Bezzerides não "se redimiu" ou "foi redimida" de modo algum aos meus olhos; "exilada" no estrangeiro, mãe solteira de um filho que jamais verá o pai (Ray), quase uma refugiada na Venezuela, como as iraquianas ou palestinas que nos acostumamos a ver nos noticiários da televisão ou ler a respeito em alguma revista. Quanto à cena com o jornalista (o mesmo que havia apanhado do Velcoro no início da temporada), apesar das exortações da Bezzerides, nada garante que ele vá publicar aquilo que ele passou a ter em mãos, e a expressão facial e olhar dele me fazem crer que ele se lembra de justamente da surra levada do Velcoro e está pesando os prós e contras em ir adiante ou não. E a mim passa a impressão de que, por mais que isso por ser bom para a carreira dele como jornalista, que ele vai deixar isso para lá, colocará de lado e não publicará toda aquela história que ocorreu em Vinci e Ventura.
    Vocês esclareceram a dúvida que eu tinha do season finale: o Len ao pular em cima do Chefe Holloway e começar a esfaqueá-lo, surtou porque percebeu que, além de serem ele e Laura serem filhos ilegítimos do Ben Caspere, se deu conta de que a irmã e o pai tiveram pelo menos uma vez uma relação incestuosa; aí a mente dele "entra em curto-circuito" e ataca o Chefe de Polícia de Vinci.

  8. Carolina 18 agosto, 2015 at 12:46 Responder

    Pessoal do Cine Alerta muito obrigada, mesmo, por ter feito minicast da temporada.
    Até agora não entendo o pessoal ter odiado tanto a temporada, foi meio que um ódio coletivo sem motivo, já que quem criticava só falava: "é ruim" e "não é como a primeira" e o famigerado "Está lenta"(como se a primeira tivesse sido alucinante), mas sem apresentar o motivo do ódio. Perfeita, com certeza não foi (mas a primeira também não foi o primor que muitos fazem questão de falar aos 4 ventos, ela só foi engrenar no quarto episódio), mas não foi "pior série da vida" como muitos salientam (essas mesmas pessoas falam que The Following é bom, então… sem comentários, né?). Por isso agradeço por vocês terem sido meu porto seguro, tanto nos elogios quanto nas críticas da série. Eu juro que achei que estava louca de estar gostando até vocês falarem que também estavam. Espero que um dia as pessoas apreciem a série como ela deve ser, vendo seus erros e acertos mais claramente do que com essa histeria de ódio coletiva. True Detective é o nosso "Fora da Curva" nas séries, né?
    No mais, beijos pra vocês e até, quem sabe, The Bastard Executioner.

    PS.: Concordo com o final: realmente melancólico, mas realista (não pessimista, como muitos dizem) e um pouco esperançoso, já que Ani passou a história pra frente.

Deixe uma resposta