Review: The Walking Dead S08E12 - The Key

Agora que chegamos à metade desta segunda parte da recente temporada de The Walking Dead, as situações vão se complicando e se afunilando, e, inevitavelmente, fazem com que a série fique mais ágil e mais dinâmica, mesmo que seja “na marra”.

E o episódio já começa dando closes homéricos nas expressões faciais de Negan, Simon e Dwight. Vamos entendendo bem o porquê desses closes: a desgastada relação entre líder e liderados. Enquanto Negan vai perdendo cada vez mais força e poder entre os seus subordinados, Simon e Dwight vão arquitetando traições, cada um com seu próprio objetivo.

Nesse sentido é ótimo ver ambos claramente colocando Negan de lado, mas, ainda assim, com intenções bem diferentes entre si; enquanto Simon quer a aniquilação total das outras comunidades, Dwight quer a paz e a convivência. Os momentos entre os dois, no episódio, são tensos e interessantes.

Momentos depois, temos o embate entre outros dois personagens da série, ninguém menos que Rick e Negan. É certo que foi meio estranho Negan ter sido encurralado de maneira tão fácil, mas, ainda assim, foi ótimo ver o personagem ser mostrado mais como um humano com momentos de fraquezas, e menos como um mito imbatível.

O episódio ainda reserva a aparição surpresa de uma nova personagem, Georgia, que serve tanto para reforçar os ideais e o caráter de alguns personagens nesse atual momento da trama, em especial, Michonne e Maggie, como também para lançar dúvidas se há algum mistério rondando todos.

Georgia e a sua comitiva ainda servem para justificar o titulo do episódio, oferecendo ao povo de Hilltop uma autêntica “chave para o futuro” (entendedores entenderão). Convenhamos que a personagem parece um tanto caricata, mas, como esse pode ser o início de um desenvolvimento maior de sua história (e, até de um bom arco para a próxima temporada), aguardemos.

De resto, foi um episódio movimentado, dinâmico e tenso na medida certa. Conseguimos, finalmente, ver a trama caminhar a passos largos, sem interrupções. Agora, é esperar por um desfecho digno nesta que foi uma das temporadas mais complicadas da série.

Erick Silva

Comente pelo Facebook

Comentários

Comente pelo Facebook

Comentários

Deixe uma resposta