Minicast Game of Thrones S07E02

Quando achávamos que teríamos de esperar até o penúltimo episódio pra uma grande batalha, o segundo da temporada surpreende com uma sequência incrível! E ainda traz evolução pra quase todos os núcleos do seriado! Game of Thrones, pelo visto, voltou realmente pra avançar e encerrar sem enrolação.

Aperte o play e vem conferir o papo de Alexandre Luiz, Davi Garcia, Allan Veríssimo  e Igor Frederico sobre mais uma semana imperdível de GoT! E deixe seus comentários abaixo sobre teorias, expectativas e o que mais tiver pra comentar sobre a série (menos spoilers, né, gente?)

Redação

0 comments

  1. Mau 28 julho, 2017 at 15:13 Responder

    Olá Amigos!
    Meu primeiro comentário aqui só para dizer que o minicast é um programinha legal pra caramba.

    Descobri vcs com o minicast de Mr Robot.
    Depois os minicasts de WestWorld, e Ash vs Evil Dead…
    Agora estou ouvindo os de American Gods (sim estou atrasado, então escuto os programas com bastante atraso tb) e GOT (neste tenho que estar em dia pq se não acompanhar certinho a Internet acaba com toda e qq surpresa).

    Mas enfim…tb produzo podcast e sei que é muito chato quando a sua audiencia, mesmo curtindo muito, não aparece para deixar um oi de vez em quando…

    Então passei só pra formalizar que gosto muito deste formato.
    Vcs comentam os episódios numa boa, um papo inteligente e sem procurar ficar forçando interpretações de camadas e referencias mil pra pagar de especialistas.

    Tentei ouvir um outro podcast de GOT e foi impossivel, teria que ter um doutorado e PHD nos livros só pra saber do que diabos estavam falando…

    Enfim…
    Parabéns e obrigado,

    Mau Franco
    FGcast

  2. Diego Quaglia 28 julho, 2017 at 19:30 Responder

    Um dos melhores minicasts de vocês sobre GOT, gente. Gostei demais. Adorei os paralelos que vocês fizeram do discurso assustadoramente real da Cersei cheio de meias verdades distorcidas lembrando muitos governos conservadores e de direita ou extrema direita que vemos e até somos obrigados a conviver por aí, da humanidade e da guerra com o que vivemos na realidade e também acho muito legal esse tipo de metáforas que a série e os livros fazem. Além disso, é muito legal ver o quão rica é a série pra você poder tirar tantos questionamentos e ideias além de criticas e ideias. Concordo demais com o que vocês falaram no sentindo que o que está acontecendo nesse episodio se tivesse acontecido em temporadas passadas demoraria mais episódios ainda pra acontecer e como Igor disse é muito bom que isso esteja acontecendo rsrs. Apesar dessa timeline complicada da série e coisas bizarras tipo isso do Euron saber que é um furo de roteiro mesmo e outras coisas esquisitas tipo o Bran que vocês citaram e coisas assim. E penso da mesma forma que o Alexandre e o Allan sobre o Theon, acho desnecessário e sem sentido o julgamento pra cima do personagem e atitude dele foi sim compreensível e mega coerente com o personagem. Inclusive o Alfie Allen esteve excelente como sempre nessa cena. Sobre o episodio, também gostei muito da sequencia da batalha naval final, apesar de ter achado que em questão de direção eu achei que no começo a cena estava bem confusa e escura demais, e acho que no começo a cena poderia ter sido visualmente mais rica, mas com o tempo acho que a sequencia vai se encontrando e no final o saldo dela é bem positivo. Além disso, tiveram essas bizarrices e coisas meio negativas que eu citei, mas nada que prejudique o episodio todo no geral. No geral foi um episodio muito bom com belas sacadas de roteiro que vocês comentaram e também gostei como se lembraram de várias passagens das temporadas passadas, gostei de praticamente tudo envolvendo Daenerys, Jon Snow, Arya, Sam e Jorah. A batalha naval teve alguns problemas a meu ver mas com o decorrer dela ela foi se achando e acabou fechando o episodio com chave de ouro, criando uma cena visceral e emocionante muito por causa das atuações especialmente do Euron que está excelente, da forma que ela se livrou de alguns personagens que já estavam sobrando na série mesmo como vocês falaram e acabou sendo mais uma sequencia que dá orgulho de se ver na TV. Bem, no geral, foi isso que eu achei do episodio e do minicast, parabéns, gente, mais uma vez e continuem o trabalho que está excelente.

    PS: Adorei as analogias politicas que vocês fizeram com os personagens e os políticos rsrsrs
    PS: As transições de cena dessa temporada realmente estão cada vez melhores mesmo rsrsrs
    PS: Concordo demais sobre o Euron ser o Jack Sparrow sombrio rsrsrs E os figurinos mais escuros da série

    • Alexandre Luiz 29 julho, 2017 at 09:47 Responder

      Diego, que bom que curtiu, porque eu também considerei essa discussão uma das melhores que tivemos sobre a série, mesmo o programa quase saindo do "mini" (tive que cortar algumas coisas senão teria ficado com quase 50 minutos rsrs)

      Valeu!

  3. Lukas 28 julho, 2017 at 19:38 Responder

    Acho que esqueceram de comentar algumas coisas nesse minicast, como o confronto do Jon Snow com o Mindinho, a cena da Nymeria em si (além da explicação roteiristas), todo o peso histórico da conversa da Dany com o Varys, que foi quem mandou envenena-la na 1a temporada…

    Eu gostei bastante do paralelo politico com o mundo de hoje em dia quanto à cena da Cersei, e gostei de ver que não fui o único que enxergou isso kkk Porém estou receoso com esse caminho…

    A Cersei espalhar o medo para com os ex-escravos foi perfeito nessa analogia, mas com os dothraki é complicado fazer essa analogia politica… pois como bem vimos na primeira temporada, eles SÃO saqueadores, estupradores e bárbaros com orgulho. Nos livros a razão da Daenerys ficar viajando de cidade em cidade totalmente isoladas e distantes uma da outra é justamente porque os dothraki subjulgaram e destruiram todo o resto, de maneira que apenas as cidades com grandes muralhas e mais isoladas conseguiram sobreviver (As Nove Cidades-Livres de Essos). E as chances disso acontecer em Westeros são bem grandes.

    Meu medo é que, na tentativa de representar a politica atual sobre os estrangeiros, eles não furem com o que foi estabelecido na própria série sobre os dothraki, pois até então tudo o que a Cersei disse sobre eles é verdade e eles se orgulham por isso.

    Parabéns a todos pelo ótimo trabalho!

    E aproveitando… teremos um Alerta de Spoiler de Dunkirk???

    • Alexandre Luiz 29 julho, 2017 at 09:52 Responder

      Lukas, nós até comentamos sobre a conversa do Jon e a cena da Nymeria, mas tive que dar uma editor sem dó… Achei que estava sobrando e o podcast já estava saindo do controle (acabou ficando muito longo) e preferi deixar todo o lance do paralelo político (que também tinha muito mais, só que cortei pra evitar "polêmica").

      Quanto a sua observação sobre os Dothraki, vc tem razão. Mas vamos levar em conta que a presença da Daenerys deu uma aliviada na postura dos caras, afinal no tempo da série, ela deve estar com eles por alguns bons anos (e pode ser que eu esteja enganado mas em alguma temporada ela fez um discurso pra eles sobre essa práticas bárbaras, não?)

      Ah, e sim, teremos Alerta de Spoiler sobre Dunkirk!

      Valeu, Lukas!

  4. Lukas 29 julho, 2017 at 07:30 Responder

    Ah, e já ia me esquecendo: Sobre o Euron Greyjoy e a construção da sua frota (mais uma vez rs) vocês estão desconsiderando a conversa que o Tyrion teve com o Theon no último episódio da temporada passada em que o Tyrion disse:

    “Vocês trouxeram 200 navios. A Frota de Ferro possui muito mais que isso.”

    O que podemos deduzir como sendo “muito mais” que 200? Pra mim está claro que ele não construiu todos os mil navios, a cena da coroação dele é que não deixou isso claro. Ainda é uma falha, mas bem menor que a que vcs estão vendendo rsrs

    Abraços!

  5. Lou Bloom 1 agosto, 2017 at 11:50 Responder

    Muito bom o podcast, mas acho que nessa temporada minha opinião vai ser bem divergente das de vocês… Por mais que eu ainda ache a série boa, ela não é mais a mesma pela qual eu virei fã. Consistência narrativa é quebrada para dar lugar a fanservice e decisões fáceis, o clima de “ninguém está seguro” só existe para personagens que não possuem um grande fandom, a trama está a cada episódio mais previsível…

    PS: acho que usar os Dothraki como um exemplo contra xenofobia não é uma das melhores decisões… É um povo que estupra, mata e rouba o que vê pela frente, e isso não é uma generalização. E eles abandonarem a prática por causa da Daenerys me parece inverossímil e conveniente.

  6. Lou Bloom 1 agosto, 2017 at 12:01 Responder

    Sobre a batalha do final do episódio: não consegui entender metade do que estava acontecendo, os cortes rápidos e a câmera tremendo em alguns momentos não me agradaram, e o fato de terem aumentado o frame-rate durante a luta só atrapalhou mais ainda. Além disso, o Euron me parece muito caricato para ser o vilão de uma série que se destaca pela tridimensionalidade dos personagens, e ele tá mais exagerado do que o Ramsay Bolton na última temporada. E as Serpentes de Areia não deveriam usar veneno em suas lanças e facas? O Euron não deveria ter nem chegado em Porto Real, já que tomou 2 facadas durante o confronto e não possui o antídoto (talvez por culpa do diretor, foi o mesmo “gênio” que dirigiu os episódios onde a Arya toma várias facadas na barriga e faz parkour por Braavos no dia seguinte).

    Abraços!

Deixe uma resposta