Alerta Vermelho #38 - Filme de HQ não é só Super-Herói

É exatamente isso, Filme de HQ não é só Super-Herois! Existem outros filmes baseados nas historias em quadrinhos, e que contam com uma narrativa de primeira.

Aperte play e venha comentar com  Tiago Lamonica, Alexandre Luiz e  Warley Bonanno sobre este tema.

Links do Podcast

Links Cine Alerta

Assine nosso feed:

Contato:

Mandem seus e-mails para alertavermelho@cinealerta.com.br, ou comente no post logo abaixo!

 

Redação

Comente pelo Facebook

Comentários

Comente pelo Facebook

Comentários

1 comment

  1. Avatar
    Snaga 7 outubro, 2013 at 14:14 Responder

    Salve, salve, pessoal! Post antigo pra caramba, mas só hoje eu parei pra ouvir. E vim aqui só pra ser um pouco chato, então relevem.
    Com relação ao conteúdo, o cast tá demais. Adorei as resenhas e opiniões dos filmes citados. Os quais só assistii Kick Ass até hoje, mas fiquei com muita vontade de assistir os demais.

    Mas vim aqui para falar sobre outro assunto. E podem me taxar de chato.
    Só para dizer que, se você era zuado na escola, revidava, e a zuação parava, então você não sofreu bullying. Você foi apenas zuado. Bullying sempre existiu, independente se tinha nome antes ou não. Não é algo que surgiu agora, só porque deram um nome e caiu na mídia.

    Bullying é a zuação ininterrupta, da qual não é possível escapar exatamente porque a vítima não consegue reagir. Porque faz parte da personalidade dela ou porque o meio não permite que ela reaja, ou ainda, se reage não causa efeito.

    Bullying não é mera zuação, mas humilhação, degradação e, principalmente, exclusão. Você pode sofrer bullying sem nunca ter sido zuado, apenas pelo fato de ser excluído.

    Mas como eu disse, esse assunto é uma chatice. Porque? Porque não há remédio. Sempre existiu e sempre existirá. Faz parte da genética, está incrustado na teoria da evolução. Os animais praticam bullying, os humanos também. É algo que não há como mudar.

    Enfim, é isso!
    Mas o programa foi ótimo e estou louco para ouvir outros. Continuem assim!
    Abração!

Deixe uma resposta