Minicast Game of Thrones S04E05

Chegamos à metade da temporada de Game of Thrones e depois de um começo tão agitado, como andam os ânimos pelo jogo mais acompanhado da TV?

Aperte play e venha discutir e comentar com Alexandre LuizIgor Frederico, e Davi Garcia sobre o episódio.

Links do Podcast

Links Cine Alerta

Assine nosso feed:

Contato:

Mandem seus e-mails para [email protected], ou comente no post logo abaixo!

Redação

Comente pelo Facebook

Comentários

Comente pelo Facebook

Comentários

7 comments

  1. Avatar
    carlos henrique 9 maio, 2014 at 11:28 Responder

    Olá pessoal

    Eu confesso não entender direito voçês, falam que foi um bom episódio que a temporada está boa mas não param de ridicularizar e criticar o tempo todo! No final a impressão é que a serie é sem noção pelo menos na ótica de voçês.
    Mas valeu, continuo gostando dos podcasts que acompanho sempre

    Um abraço

  2. Avatar
    Pedro Fiuza 9 maio, 2014 at 12:48 Responder

    Galera, aquela cena da Cersei com o Oberyn pra mim era Cersei fazendo campanha contra o irmão, já que ele é um dos juízes do julgamento de Tyrion. Ela faz a mesma coisa com o pai, segundo juiz. E no esquecimento de quem era o terceiro juiz, fui procurar e achei nesse site (http://observer.com/2014/05/westeros-explainer-the-3-questions-you-had-about-the-game-of-thrones-4×5/#ixzz31EY0AgGa), que traz um trecho interessante que colo ao final. No caso, o último juiz é o pai de Margaery, que ela também faz política nesse episódio.

    "It’s easy to feel bad for Cersei this season, especially after the whole “consensual” rape thing two episodes ago, not to mention the death of her beloved Joffrey. But don’t sell Cersei short: that lady is always scheming. It’s just that she’s got a different objective now…to see that her brother Tyrion and Sansa are tried and executed for Joffrey’s murder. The three people she talks to in this episode all have the ability to condemn Tyrion, and like Sansa, Cersei’s wised up to the fact that she’s basically powerless at this point–not only won’t she be queen, she’s going to be her own son’s sister-in-law when she’s forced to marry Loras Tyrell–and to ensure that Tyrion is found guilty, she’s going to need everyone on her side during the trial. For the first time, we see her demure and respectful around her father, but it’s not out of grace…he’s one of the judges, and she knows that the only way to play him is to appeal to his obsession with continuing the Lannister legacy: “What does Tyrion deserve for lighting that future on fire?”

    She appeals to Margaery by playing to her vanity and ambition, offering her Tommen’s hand in marriage because Margaery’s father, Mace, is the second judge in Tyrion’s trial. One murder conviction for a queenship—that’s a pretty good deal.

    Even when she’s ostensibly talking about her daughter’s safety with Oberyn, she’s really dropping hints…after all, he’s the third judge. When she asks, “What good is power if you can’t protect the ones you love?” she’s not just talking about her Myrcella living in Dorne. She’s equating Tyrion murdering Joffrey with the Mountain raping and killing Oberyn’s sister,Elia."

  3. Avatar
    Eduardo Vasconcelos 9 maio, 2014 at 16:02 Responder

    "Game of Thrones" é uma boa adaptação das "Crônicas de Gelo e Fogo" de George R.R. Martin. Não ótima ou excelente, mas apenas boa. Acredito que a HBO deveria ter esperado a saga literária ter sido concluída (ou, pelo menos, que esperasse o sexto livro ter sido publicado, faltando, assim, apenas o último ) para começar a produzir a série, pois, desse modo, haveria um planejamento melhor de quais partes ou personagens da história deveriam aparecer ou não, determinado, também, qual seria o número ideal de temporadas para contar a história do jogo dos tronos de forma satisfatória.

    Acredito também que as temporadas deveriam ter 13 episódios, como é de praxe em séries de canais fechados, pois alguns eventos e personagens mostrados seriam melhor desenvolvidos e não haveria tanta correria. Há, por exemplo, sequências fantásticas nos livros que sequer apareceram ou apareceram de forma bastante insatisfatória. Diferentemente de muitos fãs dos livros, eu gosto da série, mas, quem não os leu ainda, não se engane: os livros são muito superiores, não há nem comparação. No começo há uma estranhamento do leitor quanto a quantidade de personagens e também de páginas, mas os livros são muito bem escritos e, depois que se pega um certo ritmo de leitura as páginas passam voando.

    Minha dica é: se você gosta da série, vá ler os livros, pois, além de ter várias coisas diferentes da série, "As Crônicas de Gelo e Fogo" é, sem dúvidas, uma das melhores obras da literatura fantástica já escritas. Para os fãs desse gênero literário deixo aqui um site muito bom, que faz rankings e reviews do que há de melhor na fantasia, com dicas, inclusive, de outros livros semelhantes àqueles que você gosta: http://www.bestfantasybooks.com/ (detalhe que, neste site, "Game of Thrones" aparece em primeiro lugar no top 25 de melhores livros de fantasia já publicados).

    Um abraço para os integrantes do cast e continuem fazendo o ótimo trabalho!

  4. Avatar
    Allan Veríssimo 9 maio, 2014 at 13:26 Responder

    Parabéns por mais um ótimo minicast. Concordo que não foi o melhor episódio da temporada, mas ainda assim achei que foi um episódio bacana, e que a sequência final na fortaleza do Craster funcionou como um clímax para essa primeira metade da quarta temporada. Estou bastante ansioso pelo próximo episódio, que aparentemente será bastante focado no julgamento de Tyrion, e também terá cenas com a Daenerys e os retornos dos núcleos de Stannis e Theon, que até o momento não apareceram muito nessa temporada.

  5. Avatar
    Maria Fernanda Parecis 9 maio, 2014 at 15:07 Responder

    Esse episódio foi muito bom. As revelações foram muito surpreendentes. Todo mundo já sabia que o Mindinho era um filho da puta. Mas pra mim ele era um filho da puta que tirava proveito das situações, não o causador de tudo. Ele acabou de entrar pra lista de meus personagens favoritos.

    Semana passada eu disse que a Sansa tinha parado de chorar olhando os barcos. Nessa semana ela continua na mesma. Está sendo inútil em outro lugar. Mesmo depois de tudo que essa menina passou, ela continua muito inocente.

    Eu realmente acreditei que poderia vir a existir uma relação de carinho entre a Aria e o Cão, mas eu estava enganada. Na primeira oportunidade que ela tiver, vai enfiar a faca nele.

  6. Avatar
    Lucas 9 maio, 2014 at 15:38 Responder

    Olá, parabéns pelo minicast, eu venho acompanhado ele desde o começo dessa temporada e estou gostando bastante. Eu tenho uma teoria de conspiração que está parecendo que GOT está desenvolvendo por baixo dos panos e eu gostaria de ouvir a opinião de vocês à respeito, que é em torno do Mindinho.

    Reparem: O Mindinho quer TUDO, como ele mesmo já falou. E o Varys, o eunuco que é o mais inteligente ali, já alertou na temporada passada que o Mindinho é o homem mais perigoso de Westeros mas ninguém está enxergando.

    Pois bem, vamos repassar tudo o que ele fez até agora: Ele conquistou Lysa Arryn apesar de gostar da irmã dela, e a convenceu a matar Jon Arryn, a antiga Mão do Rei Robert, para que com isso ele pudesse casar com a Lysa e ter os exércitos do Vale. Depois, levou Sansa Stark pra lá, que na cabeça deles, é a última Stark, e com ela, ganharia o apoio dos exércitos do Norte. E também é revelado que o Mindinho tem uma aliança secreta com os Tyrell, que são a única esperança dos Lannister de se manter no poder por causa da dívida com o Banco de Ferro, sendo que o Mindinho, por já ter sido Mestre da Moeda, já deve saber da falência dos Lannister.

    Agora eu pergunto: E se o Mindinho planejar unir o Vale (Arryn), o Norte (Stark), a Campina (Tyrell) e se aliar ao Banco de Ferro e tomar o poder dos Lannister e o Trono de Ferro? Seria uma grande reviravolta e faria do Mindinho o melhor jogador desse "Jogo dos Tronos", tal como o eunuco vem alertado e ninguém tem escutado.

  7. Avatar
    Camarada Moderado 13 maio, 2014 at 00:02 Responder

    A evolução do personagem Sansa Stark é evidente. Ela vai ser uma grande jogadora dos tronos, inclusive acho que vai matar o Mindinho.

    O personagem tem um objetivo claro: aprender o Jogos dos Tronos. Ela manipulou a tia, pois ela mentiu para esta: Mindinho nunca chamou ela de tola, ela conseguiu evitar o assédio da tia mentindo.

Deixe uma resposta