Cenas Memoráveis: Crossroads

Inspirado pela lenda envolvendo Robert Johnson, guitarrista de blues que fez um pacto com o diabo (base até de um episódio de Supernatural), Crossroads é uma daquelas obras que deixou uma marca na geração anos 80. Dirigido por Walter Hill, o longa é uma espécie de Karatê Kid, trocando a arte marcial pelo blues. Não é a toa que o protagonista é o próprio Daniel Larusso.

Na história, o jovem Eugene Martone (Ralph Macchio) quer ser um guitarrista de blues respeitado. O problema é que sua escola de música é clássica e ele não tem o "feeling" que o estilo musical pede. Então, pra conseguir isso, ele vai atrás de um bluesman que fez um pacto com o diabo há muitos anos para conseguir sucesso mas que nunca pagou seu débito. Um dos destaques de Crossroads é a união da relação aluno/mestre com uma narrativa de road movie.

No final, Martone resolve pagar a dívida de seu novo professor com o coisa ruim, desafiando o guitarrista interpretado por Steve Vai (o atual protegido do Demo). O resultado, você confere abaixo.

Uma curiosidade: Vai tocou as duas partes duelo, deixando apenas o solo clássico com que o personagem de Macchio vence, para Ry Cooder, um dos mais respeitados guitarristas de blues, que também assinou a trilha sonora.

Alexandre Luiz

Comente pelo Facebook

Comentários

1 comment

  1. Avatar
    Erika_Schmeiske 13 março, 2013 at 14:38 Responder

    Filmaço sobre boa música para ser visto, revisto, revisto….. E essa sequência final, pelamor!
    Vale lembrar que Macchio realmente aprendeu a tocar violão clássico para esse filme. Atores que se empenham no papel, espécie cada vez mais rara.

Deixe uma resposta